“Hospedeira, Georgette Fadell pilota Johana Albuquerque, no Sesc Consolação- Sala Beta

Por Lenise Pinheiro

Hospedeira.

Agora a atriz.

Do lado de dentro do palco.

Dirigida.

Eu que me acostumara a vê-la.

Dirigindo peças.

Chamando cenas de “bagaças”.

Nunca vejo igual.

Mede passos da sua personagem.

Examina, cochicha e ensaia.

Surge com areia grudada nos pés.

Teatro de experiência.

Caminha, sacraliza e observa:

– “Um rosto, outro rosto, mais outro e outros mais.

Quarenta mil rostos a observam.

Ela, mulher-crustáceo.

Tem duas lágrimas impedidas”.

O mar está para peixe, no teatro.

Sesc Consolação – Sala Beta – SP

Terças 20h

Texto Fernando Aveiro

Direção Georgette Fadell

Atriz Johana Albuquerque

Cenário Julio Docsar

Iluminação Aline Santini

Figurinos Silvana Marcondes

Trilha Original Pedro Birenbaum

Visagismo Leopoldo Pacheco

Produção Musical Frederico Pacheco

Costura Marcelo Leão

Op de Luz Andre Rodrigues

Op de Som Ulisses Macedo

Contrarregra Camilo Martins

Ass de Direção Carol Carreiro

Ass de Produção Anayan Moretto e Verônica Jesus

Idealização e Produção Johana Albuquerque

Produção Bendita Trupe