“A Macabra Biblioteca do Dr. Lucchetti”, companhia de Curitiba, encerra temporada em São Paulo

Por Lenise Pinheiro

Companhia fundada em 1997, trabalho que segue rigor técnico e criatividade. Mistura cinema, com linguagens teatrais e quadrinhos. Recursos visuais, personagens bem construídos e pesquisas. Referência em Curitiba, cidade sede da Companhia Vigor Mortis. Trabalho com detalhes, recortes e o universo fantástico do autor Rubens Francisco Lucchetti, laureado roteirista do gênero Grand Guignol. O trabalho gestual dos atores somado ao esmero do diretor, veio à luz através do programa Rumos/Itaú Cultural. O encerramento da temporada paulista, agora nesse final de semana. O espetáculo tem fôlego e dentes afiados. Personagens inspirados e magnéticos. Direção de arte serve de suporte para a criação, numa atmosfera onírica. O esmero e o lúdico apontando para o infinito, para a Rua dos Bobos número zero, onde reside a canção infantil. E o sublime atingido por flechas certeiras, como numa sinfonia de Beethoven. Fiquei de cara. Que venham novas apresentações.

Teatro e Bar Cemitério de Automóveis

Dia 13 de Maio – Sábado 20h

Dia 14 de Maio – Domingo 20h (Ultima apresentação da Temporada)

Texto inspirado na obra de Rubens Francisco Lucchetti

Direção e Sonoplastia Paulo Biscaia Filho

Atores Ed Canedo, Kassandra Speltri, Kenni Rogers e Michelle Rodrigues

Cenografia Guenia Lemos

Iluminação Wagner Corrêa

Figurinos Gui Almeida

Ass de Figurinos Luísa Wolff

Ass de Direção Candice Candy

Maquiagem Livien Ullmann

Adereços Michelle Rodrigues

Próteses Renata Ghizzi

Produção Executiva Kassandra Speltri

Diretor de Produção Paulo Rosa