Peças para ver no fim de semana em São Paulo

Por Nelson de Sá

Dicas minhas e da Lenise:

Chacrinha, o musical – Jargões, cenários e chacretes fiéis ao mito televisivo, interpretado com magia e técnica. Stepan Nercessian com a corda toda afina a buzina e celebra a trajetória de Abelardo Barbosa. Teatro Alfa. Quintas, 21h. Sextas, 21h30. Sábados, 16h e 20h. Domingos, 19h

Mudança de Hábito – Feérico, excessivo, o musical adaptado do cinema às vezes perde o caminho, mas tem ótimas cenas e comprova o talento acumulado pelos profissionais do gênero no país. Teatro Renault. Quintas e sextas, 21h. Sábados, 17h e 21h. Domingos, 16h e 20h

Florilégio Musical 2 – Canções de rádio dos anos 1930 até os 1950, interpretadas com humor e leveza por Carlos Moreno, Mira Haar e Patricia Gasppar. Museu da Casa Brasileira. Sábado e domingo, 16h (Últimas apresentações)

Insubmissas – Oswaldo Mendes rompe os limites didáticos e entrelaça, em peça muito bem construída, a emocionante história de quatro cientistas. Teatro de Arena Eugênio Kusnet. Sexta e sábado, 21h. Domingo, 19h (Últimas apresentações)

Para ver durante a semana:

Luz Negra – Anos 30, numa São Paulo que vivia sob a sombra ainda maior do racismo, até da eugenia, artistas negros se organizam e ganham voz política, celebrada no musical de Paulo Faria. Sede Luz do Faroeste. Terças e quartas, 21h