Seis peças para ver no fim de semana

Por Nelson de Sá

Dicas da Lenise e minhas:

Vidas Privadas – Os acertos entre atores, equipe de criação e técnicos. Personagens que aos pares traduzem paixões. Teatro Novotel Jaraguá. Sextas, 21h30. Sábados, 21h. Domingos, 19h

O que o Mordomo Viu – Uma peça que não teme ser engraçada e popular, com Miguel Falabella, Marisa Orth e Marcelo Picchi mergulhando no redemoinho de mal-entendidos que torna a narrativa incompreensível. Teatro Procópio Ferreira. Sextas, 21h30. Sábados, 19h e 21h30. Domingos, 19h

Os 39 Degraus – Volta ao cartaz, com pequena mudança de elenco, a paródia do filme de Hitchcock, para rir despreocupado e entender o fenômeno do “rei da comédia”, o diretor Alexandre Reinecke. Teatro Itália. Sextas, 21h30. Sábados, 19h e 21h30. Domingos, 18h

Rósà – Militância, manifestações e artes plásticas como suportes. Montagem carregada de som, vídeos e bravura. Casa do Povo. Sexta, sábado e domingo, 20h. Segunda, 20h (Últimas apresentações da temporada)

Meu Deus! – Visão cômica sobre o divino, a psicanálise e o amor. Teatro Faap. Sextas, 21h30. Sábados, 19h e 21h30. Domingos, 18h

Walmor y Cacilda 64 – Robogolpe – Um musical relativamente curto, pouco mais de duas horas, revive cenas emocionantes dos dois atores e de outros, como Maria Della Costa, no início da repressão às artes no Brasil. Teat(r)o Oficina. Sábados, 21h. Domingos, 19h