Cinco peças para ver no fim de semana

Por Nelson de Sá

Dicas da Lenise e minhas:

A Madrinha Embriagada
Elenco cheio de bossa, plateias idem.
Centro Cultural Fiesp Ruth Cardoso, Teatro do Sesi – Quartas, quintas e sextas, 21h. Sábados, 16h e 21h. Domingos 19h

Nossa Cidade
Pode não ter sido o espetáculo do ano, como defendem alguns, mas a versão bastante modificada _e questionadora_ de Antunes para este texto de referência do teatro americano perturba o espectador.
Sesc Consolação, Teatro Anchieta – Sextas e sábados, 21h. Domingos, 18h

Cacilda!!! Glória no TBC e 68 Aqui e Agora
A ditadura militar pela ótica da inspirada atriz Cacilda Becker.
Teatro Oficina – Sábados, 18h

Cacilda!!!! A Fábrica de Cinema & Teatro
O repertório da estrela brasileira esquadrinhado pelos atores da Cia. Uzyna Uzona.
Teatro Oficina – Domingos, 18h

Huis-Clos (Entre Quatro Paredes)
Montagem em que o texto de Jean-Paul Sartre é elevado à máxima potência, traduzido e dirigido por Sérgio Salvia Coelho. Com direito a cena antológica protagonizada por Fabiana Gugli e Marcelo Airoldi que leva tiros no peito em cena aberta.
Teatro da Aliança Francesa – Sábados e domingos, 19h

E duas peças para ver durante a semana:

Bola de Ouro
Uma chance _que não se pode desperdiçar_ para ver a atriz Marlene Fortuna outra vez no palco, em uma história inteligente de revisão geracional, ao lado de Celso Frateschi.
Teatro Faap – Quintas e sextas, 21h

Toda Nudez Será Castigada
A precisão de voz e movimentos de Ondina Clais Castilho, como Geni, marca um outro Nelson Rodrigues por Antunes, mais leve, mais curto _e cômico, extremamente.
Sesc Consolação, Teatro Anchieta – Quintas, 21h